Home

Prêmio Pesquisador Gaúcho 2011

Veja a Galeria de Fotos do Evento


Foi um momento de festa o reconhecimento, ocorrido nesta quinta-feira (17/11/2011), dos destaques da pesquisa gaúcha que estão contribuindo para o desenvolvimento científico e tecnológico do estado. Na presença de autoridades, de empresários e da comunidade científica, a solenidade da entrega do Prêmio Pesquisador Gaúcho 2011 trouxe novidades e contou com três novas categorias com foco na inovação, Piá Inovador, Tese Inovadora e pesquisador na Empresa. Sete áreas do conhecimento foram contempladas na categoria Pesquisador Destaque Agrárias, Saúde, Biológicas, Artes e Letras, Educação e Psicologia, Administração e Economia e Ciências Humanas e Sociais.

Na abertura do evento o diretor presidente da FAPERGS, Rodrigo Costa Mattos, falou da alegria que estava sentindo pela retomada das premiações de reconhecimento do trabalho dos pesquisadores e que este era um sinal de que os recursos para investir em pesquisa são prioridade para o governo do Estado. "Um bom exemplo foi a assinatura do maior acordo de cooperação de todas as Fundações de Pesquisa do país, o realizado entre a CAPES e a FAPERGS em agosto deste ano, com um investimento de R$ 153 milhões com desdobramento em quatro anos", destacou Rodrigo.
O secretário de estado da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Cleber Prodanov representou o governador Tarso Genro e salientou: "esta celebração traduz a visão do governo de valorizar a inovação e não apenas os recursos estão aumentando, como também estão sendo dirigidos para áreas estratégicas visando o desenvolvimento do Estado". O secretário também reforçou que a realização do Prêmio Pesquisador Gaúcho é uma forma de popularizar a ciência, pois reconhece o trabalho realizado pelas  pessoas.
Na ocasião foi lançado o Edital no valor de R$ 5 milhões. O anúncio foi feito pelo secretário da SCIT Cleber Prodanov. O projeto disponibilizará 35 bolsas de pós-graduação (mestrado), de até R$ 4 mil mensais, para projetos de pesquisa de inovação e desenvolvimento tecnológico em empresas do setor de produtos e serviços, por 36 meses. O prazo de inscrição dos projetos de empresas e pesquisadores interessados encerra em 20 de janeiro de 2012, quando serão divulgados os vencedores.
Confira os agraciados do Prêmio Pesquisador Gaúcho:
O Prêmio Piá Inovador, que busca estimular a participação de alunos de graduação e de ensino técnico em projetos inovadores premiou o jovem, André Stringhi Flores, da Unisinos, pelo aperfeiçoamento da produção de conhecimento científico voltado à Gestão Estratégica da Inovação nas empresas.
Na categoria Tese Inovadora, para recém-doutores, Rafael Prikladnicki, professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação da PUCRS, recebeu o prêmio pelo desenvolvimento distribuído de software (DDS).
O Pesquisador na Empresa, que visa à integração do meio acadêmico com o meio empresarial, foi entregue ao pesquisador Carlos Alejandro Figueroa, da empresa PLASMAR de Caxias do Sul, pelo o desenvolvimento do primeiro equipamento brasileiro para deposição de revestimentos funcionais de alta dureza

Na Categoria Pesquisador Destaque, foram premiados pesquisadores que possuem contribuições importantes em sete áreas do conhecimento.
Na área de Ciências Humanas e Sociais, Ingo Wolfgang Sarlet, da PUCRS, recebeu o prêmio por desenvolver políticas orientadas para a igualdade dos direitos humanos e fundamentais na ordem jurídica brasileira.
Em Ciência da Saúde, o homenageado é Jaderson Costa da Costa, da PUCRS, por realizar estudos clínicos utilizando células-tronco em pacientes com lesão neurológica crônica.
Na área de Ciências Agrárias, Odir Antônio Dellagostin, da UFPEL, trabalhou no desenvolvimento de vacinas especiais para animais.
Em Economia e Administração, Pedro Cezar Dutra Fonseca, da UFRGS, recebeu o prêmio por estudo que amplia o desempenho das economias no longo prazo.
Na área de Educação e Psicologia, Cláudio Simon Hutz, da UFRGS, foi premiado por sofisticar instrumentos de avaliação da personalidade.
O destaque em Artes e Letras foi para Juracy Ignez Assmann Saraiva, da Feevale, por pesquisas voltadas para os estudos linguísticos e literários e para outras expressões artísticas.
Na área de Ciências Biológicas, João Antônio Pêgas Henriques, foi premiado pelos estudos na área genética. O pesquisador também foi agraciado com a Medalha Sylvio Torres por ter, ao longo de sua vida, contribuído, para o desenvolvimento científico, tecnológico, social, econômico do RS.
Este ano, o Prêmio fez uma referência especial ao Ano Internacional da Química, fazendo uma homenagem ao pesquisador e professor da UFRGS, Jairton Dupont, único representante do Brasil e da América Latina a figurar entre os 100 maiores químicos do mundo, segundo a empresa Thomson Reuters, que tradicionalmente mapeia as publicações científicas mundo afora.